Browsing Category

eu

Carlos Ramos, eu, moda

No Largo do Carmo 2#

Olá, neste segundo conjunto de fotos que fiz com Carlos Ramos, surjo com registo totalmente diferente do que me é habitual. Cabelos aos caracóis, uma makeup mais dramática sendo que a peça chave do look é a saia plissada, peça que já era tendência o ano passado e que continua a marcar presença.

Fotos: Carlos Ramos

Make UP e Cabelos: Rita Pereira

Unhas: YMMA

Styling: Eu

Top Mango, Saia Benetton, Sapatos Salsa

Carlos Ramos, eu

No Largo do Carmo 1#

Olá, olá, trago-vos o 1º post de uma série de de três com  fotos que fiz com um dos mais experientes fotógrafos de moda portugueses, Carlos Ramos. Neste o que vos mostro sou simplesmente eu, sem grandes artifícios, sem grandes produções… Espero que gostem!!

Fotos: Carlos Ramos

Make UP e Cabelos: Rita Pereira

Unhas: YMMA

Styling: Eu

(Calças Benetton//Top Mango//Ténis Bershka)

ano novo, eu, reflexões

Algumas reflexões…

E é mesmo verdade passou mais um ano. A ideia que tenho é de que o tempo agora passa mesmo a correr… Será da idade ou do tempo que resolveu mesmo acelerar? Não sei mas, lembro-me de estar com o coração aos pulos a pensar se isto ou aquilo ia correr bem dali a um mês… e afinal já passou. 
Tenho feito algumas reflexões mentais sobre o ano que passou mas, só hoje dei por mim a teclar tentando alinhavar as minhas ideias pela escrita…Não me posso queixar, o balanço foi positivo, os anseios acabaram quase sempre num “correu tudo bem”. Fecho os olhos e relembro alguns momentos e posso dizer que me surpreendo com um sorriso nos lábios. Não quer isto dizer que tenha caminhado por mantos de flores em que toda a gente me acenava com a cabeça. Nada disso, as desilusões existiram… os nós na garganta… Ainda assim, prefiro pensar que tudo tem um sentido que se não tivesse acontecido assim, ainda que naquela altura me fizesse sofrer de alguma forma, seria bem pior…Tudo faz sentido mesmo que não faça sentido nenhum…
Por isso, aquilo que vos digo, é que não desesperem se as coisas não vos correrem aparentemente muito bem… acredito que a razão de ser acabará por vir à tona…
Amanhã é que para a maioria das pessoas as coisas voltam à normalidade, à rotina.
Proponho-vos que aproveitemos esta nova oportunidade: um ano para escrever novas histórias…no mínimo interessantes!
Eu, mesmo com os meus anseios, prometo que vou tentar (MUITO)!